Converter em Curvas

Converter em Curvas no Corel Draw

Você já deve ter tentado abrir um arquivo em Corel Draw que estava completamente aberto, com as fontes originais. Se você tinha as fontes iguais àquelas usadas no arquivo, o seu Corel Draw vai abrir numa boa. Porém, se você não tiver as fontes, o Corel Draw vai pedir autorização para substituir as fontes por algumas “semelhantes”.

Em um serviço gráfico isso jamais poderia acontecer, mas acontece e já aconteceu inclusive comigo. Enviei um cartão de visita para ser feito, porém eu havia esquecido de converter o arquivo em curvas. A falta de atenção do avaliador de arte da gráfica também contribuiu para o “desastre” acontecer. Ele viu que o Corel Draw acusou fonte diferente, porém enviou o trabalho para ser impresso mesmo assim. Conclusão: Dinheiro jogado fora.

Para que isso não aconteça com você, aconselho você salvar dois arquivos da mesma arte, um convertido em curvas e outro aberto para você abrir quando desejar. As vezes o seu cliente pede para fazer alguma alteração, como alterar arquivo em curvas? Impossível, por isso é importante ter um arquivo aberto salvo em seu computador.

Para Converter em Curvas é bem fácil, selecione o texto que acabou de escrever e dê CTRL + Q e pronto! Aparentemente não aconteceu nada, mas o arquivo foi convertido. Faça isso separadamente com cada bloco de palavras e depois selecione tudo e faça novamente para garantir, ninguém nunca sabe se tem alguma virgula ou ponto perdido pelo arquivo, não é verdade? por que se tiver um pontinho sequer, por menor que seja, não convertido, ele impedirá que o arquivo seja aberto no Corel Draw de um computador que não tenha as mesmas fontes.

Porque a expressão “Converter em Curvas”?
Esta expressão acontece pelo fato daquele bloco de textos não ser mais editável como texto, foi transformado em objetos de curvas comuns, como se fosse um vetor.

Espero ter ajudado.

2 Responses to Converter em Curvas

  1. Paulo Valle disse:

    Uma coisa boa para se citar, que vai complementar este belo post é que o Corel permite também salvar os arquivos incorporando as fontes. Para isto basta marcar a caixa na tela salvar como. O mesmo pode ser feito com os perfis de cores. Isto evita a troca de fontes, mas o arquivo fica um pouco maior.
    Particularmente eu me esqueço muito deste recurso, mas deveria ser padrão do Corel. Eu mesmo já tive o problema de perder fontes (por terem corrompido ou por mudança de micro) e não ter mais as fontes originais do trabalho (nem sempre é fácil encontrá-las na internet, principalmente quando são fornecidas pelo cliente).
    Abraços a todos.

    • Leandro disse:

      Olá Paulo. Rapaz, ótima observação. O recurso de incorporar fontes é ótimo, o problema é que acrescenta mais 30% de peso ao arquivo, porém compensa. Muito bem lembrado. Forte abraço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Powered by WordPress | Designed by: Dog Groomer | Thanks to Assistant Manager Jobs, Translation Jobs and New York Singles